Blog

As Nossas Decepções

Devemos aceitar a decepção finita, mas nunca perder a esperança infinita. Martin Luther King

É normal a gente se decepcionar com alguma coisa. Muitas vezes quando isso acontece não entendemos a razão e questionamos. A decepção é um momento de desilusão. Uns se decepcionam com a vida profissional, outros com uma amizade de anos ou décadas, alguns se decepcionam com pessoas de laços familiares e até mesmo no casamento alguns vivem momentos de grandes decepções.

Na Bíblia, encontramos Maria, irmã de Lázaro, ela se decepcionou com Jesus. Jesus era amigo da família, mas no momento em que mais precisaram dele, pois Lázaro estava enfermo, Jesus não foi. Lázaro morreu, foi velado e sepultado. Jesus só apareceu alguns dias depois. Eu fico imaginando a cena quando Jesus apareceu, as cobranças feitas, os questionamentos e os desabafos. Jesus consolou aquela família, ressuscitou a Lázaro e devolveu a alegria ao lar.

Saiba que nos momentos de grandes decepções, pensamos estar sozinhos, distantes, esquecidos até mesmo das pessoas que pareciam tão próxima de nós ou que tanto confiávamos. Ficamos feridos, magoados e nossa esperança parece ter sido interrompida diante de tudo. Por isso, o convite de Jesus é para que em momentos como estes, corramos para os seus braços.

Creia n’Ele. Ele não te abandona.

Em Cristo, sempre.

Pr. Emerson Alves.

Leia:

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês”. Mateus 11:28