Blog

Oremos pelo país da Síria


Foto: Saadallah após a explosão. [1]

Segundo a Missão Portas Abertas o país da Síria está em 5º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa para com aqueles que seguem a Cristo. A organização missionária afirma ainda que o país está na lista de perseguição extrema, pois suas leis são regidas de forma a tirar toda a liberdade do cristão, levando-o à prisão, tortura e morte. Por ocasião disto, milhares  de pessoas já deixaram o país fugindo da guerra e da ação do grupo extremista Estado Islâmico. Dezenas de cristãos foram mortos e igrejas destruídas

Neste primeiro dia de 2017 a Missão Portas Abertas, através do seu portal na internet divulgou uma nota sobre as “Mulheres sobreviventes da Síria” que precisam de treinamento, de ajuda prática, mas também precisam de encorajamento e muita oração:

Segue a cópia divulgada pela organização de missões: [2]

Halimah* esteve com um grupo de mulheres cristãs, na Síria, e passou um tempo ouvindo sobre a atual situação delas. “O país está perdendo seus homens para a guerra. O desafio de encontrar um marido para essas mulheres está sendo cada vez maior, principalmente para as mais jovens”, explica a colaboradora que trabalha oferecendo treinamento para elas.

“Essas mulheres sobreviveram à guerra e agora vão enfrentar uma nova fase de dificuldades em suas vidas”, disse. Halimah é iraquiana e quando tinha sete anos de idade, a guerra no Iraque começou e sua família precisou fugir do país. “Essas mulheres sabem que eu compartilho com elas a minha própria história e as experiências que vivi”, conta.

“Nossos irmãos foram embora e agora temos que fazer muitas coisas que não fazíamos sendo mulheres. Estamos desenvolvendo músculos de tanto carregar água e trabalhar como os homens trabalhavam”, desabafou uma delas que diz se sentir sozinha.

Antes da guerra, as mulheres de até 26 anos de idade já estavam pensando em se casar, logo após terminar os estudos na universidade. “Uma mulher com 28 anos já era considerada velha para o casamento, agora essa faixa etária subiu para 34 ou 36 anos, devido as circunstâncias. Muitas se questionam: ‘como será depois que perdermos nossos pais?’. Elas sentem medo de ficarem sozinhas”, compartilha.

Segundo Halimah, essas mulheres sobreviventes são fortes e convictas de sua fé em Cristo. “Esse treinamento tem ajudado muito essas guerreiras. Eu fico feliz de ver essa determinação nelas. Sei que elas precisam desse treinamento, de ajuda prática, mas também precisam de encorajamento e muita oração”, finaliza a colaboradora. Ore pelas mulheres cristãs na Síria.

*Nome alterado por questões de segurança. 

A Síria está localizada no Oriente Médio, tem uma área de cerca de 185.000 quilômetros quadrados. A oeste faz limites com Mar Mediterrâneo, Líbano, e Israel, ao sul com Jordânia a leste com Iraque e Turquia. Tem como presidente Bashar al-Assad e uma população de aproximadamente 18 milhões. O país está em guerra civil desde 2011 e partir de 2013, aproveitando-se do caos da guerra civil na Síria e no Iraque, um grupo autoproclamado Estado Islâmico (EI, ou ad-Dawlah al-Islāmīyah) começou a reivindicar territórios na região. [3]

Oremos para que as misericórdias do Senhor Deus estejam sobre a vida de todos naquela nação.

Referências

  1. Foto: Commons Wikimedia
  2. Organização Cristã Internacional Portas Abertas
  3. Wikipedia. A Enciclopédia Livre