Estudos

Lições que aprendemos com os Talentos de Davi

Lições que aprendemos com os Talentos de Davi

1º Sm 16:18: “Então, respondeu um dos jovens e disse: Eis que tenho visto um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente, e animoso, e homem de guerra, e sisudo em palavras, e de gentil presença; o Senhor é com ele”.

I. Introdução:

Nesta mensagem queremos enfatizar a importância de se fazer uso dos talentos que Deus concedeu a cada um de nós. Talentos são dons, vocações, aptidões naturais ou que podemos adquirir no decorrer da nossa caminhada.

Na história de Davi, percebemos inúmeros talentos e qualidades que faziam parte da sua vida e que o conduziram a ser um destacado personagem na história bíblica a ponto de ser chamado de “homem segundo o coração de Deus” At 13:22.

No texto que lemos, percebemos que algumas qualidades de Davi são evidenciadas: sabe tocar, e é valente e animoso, e homem de guerra, e sisudo em palavras, e de gentil presença: o Senhor é com ele.

Estas qualidades faziam parte do cotidiano de Davi, mas vamos nesta mensagem observar alguns talentos que ele possuía dos quais podemos extrair lições.

II. Definição:

1. Capacidade para Lidar com Ovelhas: I Sm 17:15.

Cuidar de ovelhas exige inúmeras qualidades: Paciência, Amor, Carinho, Percepção, Preparo Físico e outras mais.

Davi se dedicava ao máximo no cuidado com as ovelhas de seu pai Jessé. O seu cuidado era tanto que quando um leão e um urso vieram atacar as ovelhas, ele ousadamente os enfrentou matando-os (I Sm 34-36).

O Salmo 23 expressa com propriedade o amor e o cuidado que Davi possuía com as ovelhas de seu rebanho quando chama o Senhor Deus de pastor, e neste salmo observamos as inúmeras características de um verdadeiro pastor de ovelhas.

2. Capacidade Musical: I Sm 16:18.

Davi era um exímio músico. Possuía um incrível talento musical. Era um compositor excelente, e adorava a Deus com perfeição buscando agradar a Deus. Isto é muito notório nos Salmos que encontramos de sua autoria.

O Salmo 103 expressa um louvor a Deus pelo seu amor e pela sua graça dizendo: “Bendize, ó minha alma ao Senhor, e não te esqueças de nenhum do seus benefícios”.

O talento de Davi para com a Música o levou a fabricar instrumentos musicais. Encontramos isto na Bíblia quando os levitas diante do templo de Senhor construído por Salomão estavam prontos para adorar a Deus com os instrumentos que Davi havia feito. (II Cr 7:6).

3. Capacidade para Manejar Funda: I Sm 17:40

Manejar fundas era um talento que Davi possuía. A funda era um instrumento de arremesso constituída por uma correia dobrada onde no centro é colocado uma pedra. Esta arma era de grande utilidade antigamente, principalmente entre os homens do campo, caçadores e até mesmo em situações de guerra.

Davi sabia como ninguém fazer uso deste instrumento possuindo uma mira perfeita. Quando derrubou o gigante, ele o acertou na testa devido a sua excelente prática na utilização desta ferramenta. (I Sm 17:49).

Houve uma época em Israel, que um grupo de 700 homens canhotos eram mestres em arremessos com fundas a ponto de cortarem um fio de cabelo sem margem de erros. (Jz 20:15-16).

III. AplicaçÃo Prática:

1. Precisamos descobrir quais são os nossos talentos:

 

a. Qual é o nosso potencial?
b. Cada um de nós somos possuidores de um talento.
c. Todo mundo é “bom” em alguma coisa.
d. O que Deus nos deu?


2. Precisamos entender que os nossos talentos devem ser utilizados para que o nome de Deus seja glorificado.

 

a. Nossos talentos devem ser utilizados para glorificar a Deus.
b. Davi tocava para louvar a Deus.
c. Davi Cantava para Louvar a Deus.
d. Davi Lutava suas guerras para que Deus honrasse o seu povo.


3. Os nossos talentos trarão vitórias em áreas específicas da nossa vida.

 

a. Área Física / Material: Davi fez uso da sua habilidade de cuidar de ovelhas para vencer o leão e o urso. (I Sm 17:34-37).

b. Área Espiritual: Davi fez uso da sua habilidade musical para vencer a guerra espiritual que Saul se encontrava. (I Sm 16:23).

c. Espiritual + Material = Sucesso: Davi colocou todos os seus talentos a disposição de Deus para vencer o Gigante e tornar-se um dos maiores guerreiros de Israel. (I Sm 18:48-58).


IV. Conclusão:

Davi se tornou rei de Israel porque soube canalizar todo o seu potencial para glorificar a Deus e deixou-os a sua disposição.

Deus a cada foi aperfeiçoando os dons e talentos em sua vida fazendo de um humilde pastor de ovelhas, tocador de harpas, atirador com fundas a um dos maiores reis de Israel de todos os tempos.

Utilize os talentos que Deus lhe deu para glorificá-lo e tenha uma vida abençoada e bem sucedida.

Um forte abraço!!

Pr. Emerson Alves
#VivaExtraordinariamente