Início » Estudos

O Jovem e sua Identidade Cristã
Publicado por Pr. Emerson Alves em 19/02/2013 0:19H | Atualizado em 09/10/2016 16:18H

jovem-identidade-crista

Manter a verdadeira identidade cristã em pleno século XXI é uma tarefa extremamente árdua, principalmente entre a juventude, uma vez que o mundo exerce uma forte influência sobre as pessoas, gerando naquele que professa a fé em Cristo um embate no campo de batalha da mente, através dos seus conceitos, crenças e valores.

A Bíblia faz um convite, registrado em Romanos 12, a todos os cristãos viverem uma vida de renúncia e sacrifício e não se conformarem com este século. O apóstolo Paulo enfatiza, no mesmo texto bíblico, que a vida cristã é uma vida de transformação e renovação de entendimento, buscando sempre a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Percebe-se que os valores cristãos são cada vez mais ameaçados quando discussões sobre a fé em Cristo são colocadas em pauta, por exemplo, na televisão, nas redes sociais ou nas instituições, e em muitas delas, de forma distorcida, a mídia tenta manipular a mente do jovem cristão fazendo com que ele perca sua verdadeira identidade.

É fato que o verdadeiro cristianismo sempre foi uma voz provocadora ecoando há séculos, vencendo as barreiras do preconceito, das ideologias, dos valores pregados pela sociedade, e se mostrando cada vez mais como luz e sal da terra, resgatando vidas e colocando-as diante do plano de salvação oferecido por Cristo.

Jesus disse assim: “Vocês são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam”. (Mateus 5:13). Portanto, o verdadeiro cristão é e será sempre sal, ou, não servirá para nada.

É neste campo de batalha que se encontra o jovem cristão, na primeira fileira do batalhão. Às vezes, enfraquecido, acaba sendo vencido pelos ataques do mundo. Outros desistem mesmo sem lutar, mas, ainda há os que enfrentam as fortes lutas e se tornam inabaláveis.

Enfim, ser cristão é ter Cristo e a vida que ele oferece como a maior recompensa. Os resultados, não são instantâneos nem palpáveis. O apóstolo Paulo deixou bem claro quando disse: “Fiz o melhor que pude na corrida, cheguei até o fim, conservei a fé. E agora está me esperando o prêmio da vitória, que é dado para quem vive uma vida correta, o prêmio que o Senhor, o justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos os que esperam, com amor, a sua vinda”. (2ª Timóteo 4:7-8).

Em Cristo está a nossa confiança!!!

Pr. Emerson Alves